Palavras do fundador, Thomas Lydell 


Uma conclusão equivocada muito comum é: "Se você sabe a língua de sinais do seu país, então você pode falar com as pessoas surdas na Austrália e EUA também!" Errado! A língua de sinais não é a mesma em todos os lugares. Ela é tão diferente como todas as línguas faladas. Caso contrário, não haveria a necessidade do nosso site spreadthesign.com.

Como a Rainha da Suécia disse no lançamento do spreadthesign.com no final de Março de 2009:


"Imagine se todas as crianças surdas pudessem ser unidas por uma língua mundial, uma espécie de Esperanto. Mas por causa das diferentes culturas, isso continua a ser apenas um sonho." 

Quando idealizei este projeto, eu quis coletar todos os sinais dos países europeus apresentando eles / tornando-os acessíveis através do nosso site. Como as Línguas de Sinais são desenvolvidas pelas comunidades surdas não podemos inventar e não iremos criar sinais no spreadthesign.com.


O Spread the Sign foi um projeto internacional da UE entre 2012-2015 no âmbito de Leonardo da Vincio Lifelong Learning Program, sob a designação de Leonardo Network. Neste projeto de Network ampliamos a parceria e registramos sinais para que cada idioma tivesse 15.000 sinais documentados e fizemos grandes viagens de divulgação em cada país. A UE e Leonardo, com seus recursos, deram-nos a oportunidade de demonstrar para os membros parceiros do Spread the Sign a nossa capacidade de melhorar o ensino profissionalizante para alunos surdos e estudantes.

Nosso projeto é como qualquer outro, sob constante vigilância de nossa agência nacional. A parte positiva disso, é que ao enviarmos diversos relatórios à eles, recebemos retornos valiosos. Nos relatórios finais de nossos projetos, tivemos as avaliações feitas pela Universidade de Örebro, na Suécia, e seu Departamento de Estudos Surdos em Educação. A avaliação pode ser baixada no final desta página.

Abaixo estão os links para a comissão e nossa agência nacional, onde você poderá encontrar mais informações:

http://ec.europa.eu/education/lifelong-learning-programme/doc82_en.htm
http://www.programkontoret.se

Este é um relatório de avaliação encomendado pela Comissão Européia e feito pela empresa de consultoria ICF GHK em Londres 2011. Ele fala sobre o projeto, foco, abordagem, aspectos inovadores, resultados, impactos, fatores de sucesso e sustentabilidade.

Avaliações disponíveis para baixar:
2008 | 2010 | 2015

Relatório da UE disponível para baixar:
2011